Compartilhando informação

Arquivo para a categoria ‘PHP’

PHP – Estrutura de controles parte 1

A // (barra) usada antes dos códigos são apenas para impedir que eles sejam executados no blog.

Qualquer manuscrito de PHP é considerado fora de uma série de declarações . Uma declaração pode ser uma tarefa, uma chamada de função, um loop, uma declaração condicional de até mesmo uma declaração que não faz nada (uma declaração vazia). Declarações geralmente terminam com ponto e virgula. Podemos também fazer declarações em grupo.

IF
O if é uma das características mais importantes de algumas linguagens. Permite execução condicional dos fragmentos de códigos.

         //If (expr)                                                                                                                        Declaração

Expr é avaliado a seu valor de verdade.se expr avaliar para TRUE, PHP executará a declaração, e se avalia para FALSO ignorará isto. O exemplo seguinte exibiria a é maior que b, se $a for maior que $b

         //If ($a > $b)                                                                                                                    Imprima “a é maior que b”;

Você poderia ter mais que uma declaração a ser executado condicionalmente. Podendo então agrupar várias declarações em um grupo de declaração. Este código exibiria a é maior que b, se $a for maior que $b, e nomearia o valor de $a então em $b

         //If ($a > $b) {                                                                                                                print “a é maior que b”;                                                                                            $b = $a                                                                                                                 }

declarações if podem ser juntadas indefinidamente, uma dentro da outra se as declarações que o provêm com flexibilidade completa por execução condicional das varias partes do seu programa.

Anúncios

PHP – data e hora

Esse script mostra a hora e a data de acordo com o seu computador. muito simples de fazer.

//<?

H: hora
i: minutos
s: segundos

Início do Código:

$data = date (“j/m/Y”);
$hora = date (“H:i:s”);

echo (“Data: $data”);
echo (“Hora: $hora”);
?>//

PHP – Básico

O PHP é focado para ser uma linguagem de script do lado do servidor, portanto, você pode fazer qualquer coisa que outro programa CGI pode fazer, como: coletar dados de formulários, gerar páginas com conteúdo dinâmico ou enviar e receber cookies. Mas o PHP pode fazer muito mais.

Esses são os maiores campos onde os scripts PHP podem se utilizados:

  • Script no lado do servidor (server-side). Este é o mais tradicional e principal campo de atuação do PHP. Você precisa de três coisas para seu trabalho. O interpretador do PHP (como CGI ou módulo), um servidor web e um browser. Basta rodar o servidor web conectado a um PHP instalado. Você pode acessar os resultados de seu programa PHP com um browser, visualizando a página PHP através do servidor web. Veja as instruções de instalação para maiores informações.
  • Script de linha de comando. Você pode fazer um script PHP funcionar sem um servidor web ou browser. A única coisa necessária é o interpretador. Esse tipo de uso é ideal para script executados usando o cron ou o Agendador de Tarefas (no Windows). Esses scripts podem ser usados também para rotinas de processamento de texto. Veja a seção Utilizando o PHP em linha de comando para maiores informações.
  • Escrevendo aplicações GUI no lado do cliente (client-side). O PHP não é (provavelmente) a melhor linguagem para produção de aplicações com interfaces em janelas, mas o PHP faz isso muito bem, e se você deseja usar alguns recursos avançados do PHP em aplicações no lado do cliente poderá utilizar o PHP-GTK para escrever esses programas. E programas escritos desta forma ainda serão independentes de plataforma. O PHP-GTK é uma extensão do PHP, não disponível na distribuição oficial. Se você está interessado no PHP-GTK, visite seu website

O PHP pode ser utilizado na maioria dos sistemas operacionais, incluindo Linux, várias variantes Unix (incluindo HP-UX, Solaris e OpenBSD), Microsoft Windows, Mac OS X, RISC OS, e provavelmente outros.

O PHP também é suportado pela maioria dos servidores web atuais, incluindo Apache, Microsoft Internet Information Server, Personal Web Server, Netscape and iPlanet Servers, Oreilly Website Pro Server, Caudium, Xitami, OmniHTTPd, e muitos outros. O PHP pode ser configurado como módulo para a maioria dos servidores, e para os outros como um CGI comum.

Talvez a mais forte e mais significativa característica do PHP é seu suporte a uma ampla variedade de banco de dados. Escrever uma página que consulte um banco de dados é incrivelmente simples. Os seguintes bancos de dados são atualmente suportados:

Adabas D

Ingres

Oracle (OCI7 and OCI8)

dBase

InterBase

Ovrimos

Empress

FrontBase

PostgreSQL

FilePro (read-only)

mSQL

Solid

Hyperwave

Direct MS-SQL

Sybase

IBM DB2

MySQL

Velocis

Informix

ODBC

Unix dbm

Informática gratuita para você.

Compartilhando informação

Cartões com Arte

Um novo conceito em cartões. facebook.com/cartoescomarte.

Nouvelle vie au Canada

Casal em busca do seu sonho de morar no Canadá

Informática Gratuita

Compartilhando informação

Red Dreams

Quem disse que meus sonhos não podem ser vermelhos?